Segue o Loucuras por email...

segunda-feira, 5 de março de 2007

Nua na Chuva...

Preciso ser regada,
Preciso quebrar
O deserto que há em mim
Por isso deixo-me estar
Nua
na chuva
Para que a chuva entre em mim
Para que regue, regue
O meu frágil ser
Que fica adormecido
No sol ardente do deserto
Quero que a chuva trespasse
O meu corpo
E a minha alma
O meu ser
E o meu exitir...

6 comentários:

MARIA VALADAS disse...

Falaste com o teu Eu...
Gostei dessa tua " conversa"...mesmo que tivesse sido melancólica!

Nunca o deixes de fazer...
Um dia sentir-te-ás liberta...

Beijos ternos da

Maria

chuvamiuda disse...

.................

sempre que te sentires cansada, desesperada, deixa-te levar pelo carinho das palavras

...................

Noite serena

segurademim disse...

... a mãe natureza a acarinhar

sempre disponível, presente

:)

Trini disse...

Y si puede ser que me rieguen con una lluvia de besos...

Un abrazo
Gracias por tu visita

Alex disse...

Se a chuva é indispensável às plantas então tb é indispensável para nós. Andar à chuva - nem que seja chuva de sentimentos e emoções - faz bem...

Beijinhos!!!!

Flôr disse...

Gostei! Mas "senti-te" triste e melancólica!....

Nunca deixes que a tristeza entre no "tesouro" que é o teu coração! :)

E adorei a rosinha (setinha do rato)... sabes, é que eu adoro flores! :)


Beijinho florido da nova amiga Flor :-)