Segue o Loucuras por email...

terça-feira, 30 de outubro de 2007

Silêncio feito mar...

Fico aqui
ouvindo o teu silêncio
escutando-o,
tem a mesma doçura
a mesma tranquilidade
do som das tuas palavras
Oiço-o devagar
sem pressa
E deixo que esse silêncio feito mar
me preencha
me invada
enquanto o barco navega...

No alto mar,
o mar torna-se silêncio
e fico
olhando o entardecer
e as ondas que vão e vêm
sem ruído
que me acalmam
e vão recortando
os pedaços do teu silêncio...




terça-feira, 16 de outubro de 2007

Livre...


Voar...
Deslizar por entre a brisa
Perfumar-me de liberdade
E voar
Sem Ter hora para voltar
Vou!
Parto num voo que me leva
E me há-de trazer
E se não trouxer
Ficarei entregue a ele
Sobrevoando o meu mar
E preenchendo-me por ele
Enquanto
Vou voando
deslizando
Por entre os meus pensamentos
Furtando o tempo
Resgatando a liberdade
Num voo
Intemporal
Que vai e vem
Sem hora....

segunda-feira, 8 de outubro de 2007

Na noite...



Fico contigo na noite,
enquanto vais chorando
as tuas dores,
deixas cair as tuas lágrimas
e ficamos a ver o lago.
O lago com os cisnes,
que perdeu a beleza
e tudo perdeu a côr,
fico contigo
enquanto choras.
Deixo que pintes
o mundo a preto e branco,
deixo, deixo...
Porque será só hoje
amanhã
tudo voltará a brilhar,
o lago ficará colorido
as lágrimas secarão,
e pintaremos o mundo
com as cores do amor
e da verdade.
Pego na tua mão
e acredito,
que amanhã
será diferente...

segunda-feira, 1 de outubro de 2007

O pôr do Sol...




Hoje fiquei vendo o pôr do sol
de um sol
que nem chegou a nascer
mas de um sol que sinto em mim
quente
dourado
perdido
e sempre encontrado,
como o outono
que se descreve,
que se insinua
nas folhas
que voam ao vento
e com elas deixo-me ir
embalada pela brisa
que vem do mar
E no pôr do sol
páro a chuva
e esvoaço
até que o sol
vá dormir...
 
 
Foto -  António Soares