Segue o Loucuras por email...

quinta-feira, 15 de março de 2007

A ampulheta da amizade...


Amigo...estás aí...ainda?
as palavras
trairam-te...
trairam-me...
trairam-nos,
magoaram-nos,
as lágrimas soltaram-se....
Mas, passou...
já estavas desculpado
muito antes de o pedires
não temos jeito
para discutir...
eu sei...
mas dicutimos...
Mas,
quero que saibas
que seguro na minha mão a
ampulheta da amizade
que ficarei aqui
virando-a
uma vez e outra,
até que o tempo se esgote,
até que não haja
mais tempo...
para que entendas
que não são duas, ou três
palavras
que mudam o curso
da amizade,
não!
Duas ou três palavras
não podem pôr em causa
anos e anos de palavras!
Esqueçamos o dia
em que o nosso coração
chorou...
e recordemos
todos os dias que ele riu!
Quero-te bem!

18 comentários:

Felipe Fanuel disse...

Sabe... Eu vivo sendo mal entendido nos locais onde tenho trabalhado. Não existe coisa pior do que se sentir tão longe e tão perto quando não estamos bem com quem está a poucos metros de distância de nós diariamente.
Tu já superaste isso.
Beijinhos!

Afonso disse...

Às vezes deveria mesmo haver uma ampulheta de amigos. Para quando os que nos magoam aparecessem virarmos a ampulheta e esquecermos.

Até breve . . .

Cátia disse...

Adorei o teu post... está lindo! Os verdadeiros amigos ficam sempre mesmo após momentos de sofrimento!

Viro e virarei a ampulheta... sempre!

Um beijo

poeta_silente disse...

Oi.
Passaste e eu vi. E vim ajudar-te a virar a ampulheta.
O tempo faz milagres. E esta tua poesia é tão linda... tão especial... tão particular. Estranho...
Mudam apenas os endereços... os fatos se assemelham ou se repetem.
Visita meu Noites de Verão. Confirmarás o que te digo.
Deus te abençoe e te dê forças e fé.
beijos
Miriam

Kalinka disse...

Finalmente venho ao teu encontro.
E, que encontro?
AMPULHETA DA AMIZADE...

Eu estive naquele "Mundo" que mais adoro.
O Mundo que procurei nestas mini-férias: a Natureza pura.
Espaços que convidam ao despertar de todos os sentidos...
Momentos únicos, cheios de sons, cheiros e muita Paz.
Ribeiros, riachos , fontes e nascentes...MAR, Oceano.
Lugares únicos, em que saboreamos o gosto raro de sermos parte integrante do planeta e de todo o Universo...
Priviligiada Eu sou.

Beijokas.

TONY, Duque do Mucifal disse...

sim, tocar as maos...sentir a amizade. é bonito saber perdoar e sentir que a amizade se manteve imutável!

Pdivulg disse...

e com isto tudo já temos o fim de semana à porta... Bom fim de semana!

Sophie disse...

Fez-me bem vir aqui ler-te.
Um beijinho muito grande para ti.

poetaeusou disse...

as palavras
trairam-te...
trairam-me...
trairam-nos,
magoaram-nos
*
e a mim, e a mim ...
*
até
*

Flôr disse...

Linda a frase... esqueçamos os dias em que o coração chorou e lembramos os dias em que o coração sorriu....


Por isso, desejo que durante a tua vida, sejam mais as vezes em que o teu bonito coração sorria.....

Um beijão da Flor e um agradável fim de semana para ti. :)

Flor

Vladimir disse...

Para si o que é o destino?

Dara Martins disse...

Sempre gostei de ampulhetas...não me perguntes porquê :)

Bom fim-de-semana!

Beijinhos,
Dara Martins

Alexandre disse...

«Esqueçamos o dia
em que o nosso coração
chorou...
e recordemos
todos os dias que ele riu!»

É o que desejo que aconteça!!!! Em nome da AMIZADE!!!

Um beijinho e bom fim-de-semana!

chuvamiuda disse...

.................

Amizade é isso tudo


sereno fim-de-semana

Bj

Dad disse...

Atenção blogger!

Informação do jantar de Primavera dos bloggers
No blog http://momentosdeluar.blogspot.com/

Bom fim de semana para todos!

Entre linhas disse...

Ampulheta sinónimo de tempo,aquele que nod dá as respostas certas nos momentos certos,assim se mantém uma boa amizade,construída por espaços,por palavras,por atitudes,pelo dar...

Bom fim de semana

Beijinhos Zita

Miosotis disse...

Mt sensível este texto sobre a amizade!
bjs

nemqueirasaber disse...

"Esqueçamos o dia em que o nosso coração chorou...e recordemos todos os dias que ele riu!"
Se nos lembrassemos desta verdade todos os dias seriamos muito mais felizes e fariamos felizes quem nos rodeia.