Segue o Loucuras por email...

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Promessas guardadas...



Promessas guardadas
Fechadas a cadeado,
Num tempo inacabado,
Onde a perfeição
Dos detalhes
Fazia toda a diferença.
Hoje,
Esse tempo,
Insiste em
Perdurar
Em ficar,
no limiar
Da minha alma,
De onde vejo
A porta trancada,
Desgastada pelo tempo,
Guardando para a eternidade
As promessas,
Que nunca hão-de cumprir-se,
Porque o tempo é efémero
E eu
Já parti…

Foto - Marco Soares

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Brincamos com o fogo...


Brincamos com o fogo
sim! É verdade,
e queimamo-nos.
Feridas,
dor,
lágrimas,
tudo isso
rasgamos no tempo,
em nós.

O fogo apagou-se,
e nós?
Feridos
pelo fogo
pelas palavras,
amor-ódio
que nos dilacerou
mais ainda que o fogo.
O fogo,
breve memoria atroz,
e nós?
Perdidos no tempo,
nos caminhos
que nos distanciaram
e que nem as palavras
poderão voltar a juntar...




sexta-feira, 6 de maio de 2011

Toca o telefone...




Toca o telefone
mas, eu já não te oiço
do outro lado
sussurrando de mansinho
fazendo de mim
imperadora
das tuas vontades
deusa
dos teus desejos
que morreram no ocaso
perdidos e
nunca encontrados

naufragados
numa praia deserta
onde tudo era ainda possível.

Mas quis o sol
a chuva e o vento
leva-los
para longe de nós
e nós
de telefone no ouvido
escutando outros sussurros
outros desejos...





Foto de: Redredhead