Segue o Loucuras por email...

sábado, 27 de dezembro de 2008

Quero ir...


Vem,
inunda-me
agita-me
trespassa-me
leva-me
e não me tragas de volta,
quero ir...
Deslumbra-me
nas tuas melodias sempre novas
encanta-me nesses prados
onde o sol vem beijar
a frescura do campo
e parte
sorrateiramente...
E , eu sento-me
quieta, sossegada
a ouvir-te...
Silêncio
que me preenches
que me levas e
não me trazes...

Um comentário:

Fontez disse...

a facilidade de tocar na alma é impressionante.
palavras tão leves e tão poderosas.