Segue o Loucuras por email...

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Deixa-te ficar!


Deixa-te ficar
Revejo-me no teu sorriso
Leio-me nas tuas palavras
Sinto-me
Quando te sentes
Choro-te
Quando te ausentas
E eu
Singela em mim
Furto o tempo do tempo
E desenho-te
No espaço que
Não é meu
Nem teu
mas, sinto-te nele
Como se nunca
tivesses partido
e continuo a ler-te
e a ler-me
em cada amanhecer...

Nenhum comentário: