Segue o Loucuras por email...

segunda-feira, 2 de julho de 2007

Digo Não!



Querias lançar-me
no meu delírio interior,
querias que a noite viesse
antes de acabar o dia,
mas, eu digo... Não!!!


Repara...
Olha com atenção,
rasgo, destruo
com toda a minha raiva
e violência
as tuas palavras,
que me querem ferir,
magoar
Não!
Não vou deixar,
vou lança-las de
Um precipício...
E fico vendo o mar
que as engole,
que as aniquila
e isso dá-me prazer...


Porque
eu sou eu
e não a imagem
que esculpiste.
O protótipo
Que criaste
nos teus laboratórios.
Eu sou eu,
E não abro mão disso
Nunca!!!
por isso,
DIGO NÃO...

Foto - Desconheço autor

7 comentários:

Á flor da pele disse...

Não te conheço, não sei do que falas, mas sei, que foi com um grito assim que me libertei e renasci...
Fica um beijo

anawîm disse...

és uma criatura belíssima...
um coração imenso...
não percebo porque duvidas!!!

Grita para poderes sussurrar somente
chora para poderes sorrir somente
enraivece-te para poderes amar somente
destrói para poderes construir somente
sê violenta para poderes abraçar somente
rasga para poderes unir somente

seja tudo ("TUDO serve") para poderes ser tu somente


abraço os teus gritos

Maria Valadas disse...

Quantos gritos eu bradei!

Quantas bóias pedi como uma naúfraga!

Deixei, que "o mar revoltoso"... me prendesse nas suas garras... e afundei!

Espero pela âncora... para soltar o meu GRITO também!

Beijinhos da

Maria

Morrigan disse...

Mantém sempre esse grito...mesmo quando te sentires fraca demais. Encontra forças para o fazer ...porque realmente há coisas que já não valem a pena

Psy disse...

Adorei o teu blog.
A música me fez arrepiar.
Bem identificada com o teu estilo.
Beijos

Psy disse...

Obrigada...

Alexandre disse...

Procuro no mar as palavras que tu lançaste ao vento...