Segue o Loucuras por email...

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Na noite...

Era noite...
porque é na noite
que tudo se cala,
é na noite
que me oiço
em surdina
sem tempo medido
sem tempo esperado
na noite tudo se cala
brilham as estrelas
que iluminam os pensamentos
e reflectem os sentimentos
é na noite que paro
que fico quieta,
prostrada por terra
sentindo
o cheiro das estrelas
e escutando
 o som do silêncio...

3 comentários:

Carlos Gonçalves disse...

Noite das paixões, dos beijos no crepusculo da lua, das sombras dos amantes, dos silêncios que falam, dos gritos da alma... Noite dos poetas, das luzes e das estrelas...
Noite da minha vida!
Beijo, doce, em ti.
Carlos

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Ah, a noite! Sempre tao magica e envolvente...

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Ah, a noite! Sempre tao magica e envolvente...