Segue o Loucuras por email...

domingo, 23 de setembro de 2007

Quero!

Quero
Chorar a dor que sinto
Que o meu pranto se misture
Com o meu mar
para que parta como as ondas
Que as fragas estremeçam
Com o meu soluço
Deixa-me chorar
Até que não tenha mais lágrimas
Quero esvaziar-me de tudo

Ampara as minhas lágrimas
Porque o meu coração
Já não o encontrarás
Partiu-se
E partiu em busca
De paz...

21 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Aparentemente és uma mulher destroçada.
Mas eu sei que o poeta é um fingidor...
Mas o poema está soberbamente bem escrito.
Beijinhos.

Alexandre disse...

Não sei quanto sal do mar será das tuas lágrimas... espero que as consigas enxugar...

Muitos beijinhos!!!

Sol da meia noite disse...

Esgota as lágrimas...
Depois sorri!

Mil beijinhos!

Lusófona disse...

Lindo, mas triste..

Beijos e uma excelente semana

TINTA PERMANENTE disse...

Bonito poema!
(qualquer que seja o sofrimento, ele será curado se o houvermos suportado até ao fim)
Abraço (e sol)

Bichinho disse...

Não chores "amor", o Sol ainda brilha, e no Mar se reflete para a tua dor levar naquela onda que vêm mas não volta !

Beijo fantasma.

Sophiamar disse...

Tanta tristeza!Força! Não te deixes abalar assim.
Beijinhos

Cátia disse...

Ola Dair

O sofrimento e a dor é por certo grandes... mas espero que o mar possa lavar-te a alma e o coração.

Nao digas que o coraçao se partiu.. apenas fez outra "cicatriz" que levarás contigo. Cicatriz que te ajudará a crescer...

Beijinhos

Fallen Angel disse...

Espero que seja um espelho convexo que não reflecte a tua imagem... mas que vislumbra apenas um pouco da essência..

El_Felipe disse...

Ola,

Esse poema expressa um sofrimento muito forte por tua parte. De qualquer maneira temos de ser fortes e enfrentar tudo o que aparece na nossa vida: seja bom seja mau.

Quero,
Essas lagrimas a acabar,
a felicidade a regressar,
e a paz a voltar,
para de novo saborear,
o que a vida nos tem para dar.

Agora acho que vou acabar,
porque de poeta não sei disfarçar.



Gostei e voltarei como muito gosto.
Abraços, porque sim tenho dois braços :)

celtaj disse...

Aunque llores y dejes correr el dolor que sientes... aunque vacíes tu amargura... aunque te desahogues para no asfixiarte...

... déjame encontrar tu corazón, déjame que siga viéndolo, déjame que siga queriéndolo...

Un beso.

Sei que existes disse...

Espero que encontre essa paz rapidamente!
Bonito poema.
Beijinhos grandes

Joaquim disse...

Todos os nossos corações procuram a paz, uns mais que outros.
Nesta fase da minha vida o teu poema adequa-se em tudo a mim.
Passa pelo meu blog e percebes.
Bjs
Bonito blog

Um Momento disse...

Poema belissimo
Que encontres a Paz
Deixo um beijo... em ti
(*)

margusta disse...

DairHilail,
...Lindo e triste poema!...

As lágrimas lavam a alma e a toda a dor do coração!...O teu coração encontrará Paz e Amor...

Beijinhos para ti!

Drews disse...

Lidno este poemas das Lagrimas! Mas como dizem chorar faz faz bem! As lagrimas é o melhor desabafo do nosso coração.

Parabéns.

Segue mensagem.

"Quero nascer de novo cada dia que nasce.
Quero ser outra vez novo, puro, cristalino.
Quero lavar-me, cada manhã, do homem velho, da poeira velha, das palavras gastas,
dos gestos rituais.
Quero reviver a primeira manhã da criação,
o primeiro abrir dos olhos para a vida.
Quero que cada manhã, a alma desabroche do sono como a rosa do botão, e surja, como a aurora do oceano, ao sorriso dos teus lábios,
ao gesto de tua mão.
Quero me engrinaldar para a festa renovada com que cada dia nos convidas e desdobrar as asas como a águia em demanda do sol.
Quero crer, a cada nova aurora, que esta é a definitiva, a do encontro com a felicidade, a da permanência assegurada, a de teu sim definitivo."

C Valente disse...

Paz muita paz e amor, lindo foto a condizer com o poema
saudações amigas

Nilson Barcelli disse...

Espero que tenhas encontrado a tua paz...
Bfs, beijinhos.

elsa nyny disse...

Triste...mas lindo, imensamente belo!


Convido-te a escrever uma carta por Darfur!
http://eu-estou-aki.blogspot.com

beijinhos!!!!

Mestre disse...

Que esse coração partido encontre a paz que procura e que possa de novo sentir-se inteiro.
Beijo

Alexandre disse...

Voltei só para dizer que o teu coração não se partiu... ele está comigo... inteirinho!!!

Beijinhos! Muitos!!!!