Segue o Loucuras por email...

domingo, 15 de junho de 2008

Menino...


Menino sorriso
no tempo
em que o tempo
era e não era
aprendeste a sorrir
Menino doçura
dos passeios no campo
do chapinhar na água
do caminhar
sem ter pressa de voltar
Menino meiguice
do colinho da mamã
do sol de inverno
e das noites á lareira...

Menino lindo
que cresceste
no tempo
que o tempo trouxe
guardas no sorriso
a meiguice de criança
e no olhar a doçura
das manhãs de primavera
quando a saudade
se faz presente
do tempo de ser...Menino

7 comentários:

Paulo Sempre disse...

"(...)quando a saudade
se faz presente
do tempo de ser...Menino".

Que saudade....da meninice...
Bonito!!!
Beijo

By Sniqper ® disse...

Menino...
Pureza, vontade, vida..
Na saudade do crescer, pode e deve ficar sempre esse ser...
O Menino.

Beijitos

Sol da meia noite disse...

Muito bonito este post... a história de todos nós.

Acho que um dia nos desencontramos... gostava que voltasses ao meu cantinho.
Deixo-te convite via e-mail.

Beijinho *

Alexandre disse...

Parabéns pelo poema e parabéns ao menino!!!

Muitas beijokas. Como vês, voltei aqui...

Felipe Fanuel disse...

Me senti seu menino!

Felipe Fanuel disse...

Me senti teu menino!

Alma Nova ® disse...

Menino...vida, inocência, simplicidade e verdade...que para sempre deve ficar guardado e vivido em tempo de saudade...de ser menino!