Segue o Loucuras por email...

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Escultura inacabada II...

Disseste que não deixarias
as minhas mãos sozinhas,
que seria
a escultura que os dois
Iniciámos de mão dada…

Mas, hoje,
Tento pegar no cinzel
e falta-me a força,
O calor das tuas mãos…

E a nossa escultura
que já tem rosto
às vezes chora
e eu choro com ela
Nos pedacinhos do tempo
quando o tempo se acabou
E o tesouro se perdeu…

Porque as tuas mãos
ficaram presas
nos labiritos da vida
e não encontram
O caminho
Que as fará voltar…

Nenhum comentário: